segunda-feira, 17 de maio de 2021

Uma questão para todos…

 O projeto “Literacia do Ser” participou na comemoração do Mês da Leitura, promovido pela Biblioteca Escolar, dinamizando horas do conto a partir da obra “A grande questão”, de Wolf Erlbruch, com as turmas do 5º A, professora Filomena Cunha e 5º D, professora Célia Belo. Tomadas as devidas precauções, foram feitas dinâmicas de grupos, foi lida a obra e no final cada aluno deu a sua própria resposta à “grande questão” do sentido da vida.



sábado, 15 de maio de 2021

Brinquedo e Brincadeiras da Cultura Popular, por Alexander Lima

Teve lugar, na Biblioteca da ES/3 Dr.ª Maria Cândida, a Ação de Formação de Curta Duração (3h), “Brinquedo e Brincadeiras da Cultura Popular”, dinamizada por Alexander Lima, a qual contou com a participação especial de Sofia Souto Moniz.

A iniciar a sessão, Alexander fez um pequeno enquadramento teórico, em que apresentou o conceito de brinquedo e descreveu o potencial de desenvolvimento holístico inerente à brincadeira.

Seguidamente, propôs algumas práticas lúdicas do repertório popular, brasileiro e português, em que o corpo dos vinte formandos se transformou em brinquedo, verbalizando sons, fazendo gestos, correndo, saltando e dançando.

Alex ensinou ainda os participantes a construir o “Barangandão Arco-íris”, com utensílios recicláveis, corda, jornal velho e tiras de papel. Depois dos brinquedos prontos, os felizes proprietários fizeram-nos rodopiar, numa explosão de cor.

A terminar, as BE fazem questão de agradecer a Alex a mestria com que conduziu esta formação e ao público presente a alegria contagiante.



sexta-feira, 14 de maio de 2021

À conversa com Gonçalo Cadilhe

A finalizar a segunda semana de Maio, Mês da Leitura, o A.E.Mira não faltou ao encontro com o escritor Gonçalo Cadilhe, que decorreu via zoom.

Gonçalo Cadilhe é um globetrotter, que escreve a partir das suas vivências pessoais, como por exemplo a volta ao mundo que deu em 19 meses, sem andar de avião, e a travessia que fez do continente africano, do Cabo a Tânger, em transportes públicos e à boleia. Graças a esta vastidão de experiências, a sua oratória é empolgante, plena de sabedoria e aventura.

Sem fugir a esta regra, o tema escolhido para a conversa de hoje – os lugares visitados por Fernão Mendes Pinto há 500 anos atrás e descritos na “Peregrinação” – levou Gonçalo Cadilhe a pintar-nos um quadro histórico, político e cultural dessa época, ilustrado por fotografias suas.

Esta conversa, proporcionada pelo READ ON Almada 2021, terminou a parceria das BE com o Festival. Um bem-haja à sua organização e um grande abraço a João Paulo Proença, que mediou estes eventos.



Personae

Ao longo da semana, as professoras Adélia Clemente e Rosa Maria Petronilho dinamizaram aulas na Biblioteca da ES/3 para as suas turmas de 8.ºano, A, B, C e D (a E virá a seguir).

Com base em excertos escolhidos de “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”, de Jorge Amado, estas docentes de Português, recorrendo às novas tecnologias para ancorar o texto (o smartphone) promoveram leituras dialogadas, a encenação de algumas partes da obra e jogos de expressão dramática.

Foram aulas muito dinâmicas, a provar que a leitura pode usar as novas tecnologias, revestir muitas formas e colorir-se de matizes.



Eu faço a minha casa!

 A professora Augusta Faim esteve hoje com o 3.⁰/4.⁰ anos da EB de Casal de S. Tomé, para mais uma sessão de leitura. Desta vez a dinamizadora leu "Mimi vai à praia", de Valerie Thomas e Korky Paul. Depois de ouvirem a transformação do jardim da Bruxa Mimi numa piscina, os alunos projetaram numa folha de papel alterações na sua casa, com a ajuda da varinha mágica da Mimi. E, claro, a magia aconteceu!

quinta-feira, 13 de maio de 2021

Estória com Asas - Fernando Pessoa(s)

O 12.ºA, na companhia da professora Adélia Clemente, usufruiu hoje do espetáculo Fernando Pessoa(s), protagonizado pelo projeto “Estórias com Asas”, o qual cruza, de um modo criativo, a literatura com o teatro, a música e o vídeo.

Em palco esteve a figura de Fernando Pessoa e as pessoas que camufla dentro de si. Partindo dos poemas de “Mensagem”, os atores viajaram pelo passado, tendo sempre o presente como referência.

Mais uma vez, ficamos sem palavras para agradecer à organização do Festival READ ON Almada 2021 o privilégio de assistir a eventos tão significativos.



A importância do humor na comunicação, com Paulo Oliveira

Saiu hoje a sorte grande ao 9.ºA, que, na companhia da professora Carla Vidal, foi o público-alvo da sessão em direto com Paulo Oliveira, da Bang Produções, uma produtora que se assume como o motor da formação em stand up comedy em Portugal.

Com o tema de fundo “A importância do humor na comunicação”, os alunos ouviram falar, durante uma hora, dos princípios base que regulam uma boa comunicação - a arte de usar o silêncio, a autoconfiança (se não a tivermos, fingimos, eh, eh), a linguagem corporal, o não ter medo de apanhar “a chuva de frente” - e aprenderam a construir uma boa piada! Como exercício, até elaboraram uma ao vivo!

Apesar da timidez natural dos nossos alunos, que afinal esta coisa de falar em público ASSUSTA, a aprendizagem foi muito intensa e será muito proveitosa no futuro!

As BE ficam, mais uma vez, gratas, à organização do Festival READ ON Almada 2021, que nos tem proporcionado eventos fantásticos.



A Bruxa Mimi, robots e realidade virtual

Ontem a professora Paula Madaleno esteve na biblioteca de Portomar com a sua turma do 3.⁰/4.⁰ ano. A professora Augusta Pessoa aguardava-os com "A Bruxa Mimi vai à praia", de Valerie Thomas e Korky Paul. Depois da narrativa, os meninos fizeram um desenho sobre a transformação de um local da sua casa, tal como tinha feito a Bruxa da história. Surgiram garagens com realidades virtuais, robots, quartos com piscina, entre outros exemplos da infinita criatividade de uma criança.

Reinventar a casa com a Bruxa Mimi

 Ontem a professora Vera Manco esteve na biblioteca de Portomar com a sua turma do 1.⁰/2.⁰ anos. Quem os veio visitar foi a Bruxa Mimi, convidada pela professora bibliotecária, Augusta Faim, que leu "A Bruxa Mimi vai à praia", de Valerie Thomas e Korky Paul. A propósito da história, os meninos transformaram o seu jardim num espaço especial, que desenharam. Houve galinheiros, piscinas, animais de estimação... toda uma panóplia de novos espaços reinventados!

Leitura e criatividade

 Ontem a Educadora Fernanda Lourenço esteve na biblioteca de Portomar com os meninos da sua turma, para participar em "Maio, mês da leitura". A professora Augusta contou "A Bruxa Mimi vai à praia", de Valerie Thomas e Korky Paul. A leitura foi o ponto de partida para uma atividade de expressão plástica: os meninos usaram a magia da sua imaginação e desenharam uma parte da sua casa transformada a seu gosto. Os meninos que terminaram mais cedo, folhearam um livro à sua escolha. Mais uma vez, reinaram a leitura e a criatividade!

Livro terapêutico!

Por sugestão da educadora Graça Parada, “O Médico do Mar”, de Leo Timmers, abriu o seu consultório no Jardim de Infância da Lentisqueira.

Depois da história narrada por Rosário Figueiredo, com o auxílio dos meninos e da fantástica dupla de estagiários do Curso Técnico de Apoio à Infância, Eduardo Pereira e Lara Tavares, houve atendimento ao público.

Seres marinhos doentes, com tentáculos torcidos e fungos na carapaça, foram amorosamente tratados por um team júnior de médicos e enfermeiros, que não pouparam esforços em auscultar, dar injeções e pôr ligaduras nos doentinhos.



Despertar para a leitura

 Despertar para a leitura e um livro requisitar foi o mote, na passada terça-feira, para a professora Filomena Cunha se deslocar com  o 5º B à Biblioteca.  Carla Neto esperava-os com agrado, tendo na mão a crónica “Campeão de corridas”, de José Eduardo Agualusa. O grupo ficou muito empolado com a leitura! Finalmente, todos fizeram muitas perguntas até encontrarem um livro do seu agrado.

Muitas leituras e divertimento!

10 de maio foi uma manhã de entusiasmo, alegria e contentamento. Carla Neto e Fátima Saraiva orientaram a maratona de poesia para o 3ºano a partir da obra “A cor das vogais”, de Vergílio Alberto Vieira. Toda a turma leu e releu. Com a atividade a terminar, a surpresa não podia faltar: cantaram com afinco “A poesia da alimentação” e todos conheciam a autora-  Fátima, a professora.

Leitura partilhada

 

10/05 foi dia de leitura partilhada e como tal Carla Neto escolheu algumas poesias do livro “Versos de Cacaracá”, de António Manuel Couto Viana, as quais leu à turma do 4º ano de Praia de Mira. Com o apoio do professor José Simões formaram-se pequenos grupos e distribuíram-se frases com rimas, que cada um ordenou, colou no livro gigante e leu.

quarta-feira, 12 de maio de 2021

Encontro com Ondjaki

Ainda no decurso do Festival READ ON Almada 2021, as Bibliotecas Escolares do A.E.Mira e professores do nosso Agrupamento marcaram presença no encontro com o escritor Ondjaki, que decorreu esta tarde, via zoom.

Ondjaki dispensa apresentações: nascido em Luanda em 1977, é autor de romances, poesia, livros infantis, teatro e argumentos de cinema. Foi laureado, em 2011, com o prémio da Fundação Nacional do Livro infantil e Juvenil do Brasil, em 2013, com o Prémio José Saramago, e venceu o Prix Litterature-Monde, da Agência Francesa de Desenvolvimento “Étonnants Voyageurs”.

A interação de hoje foi gravada e encontra-se acessível AQUI



Uma tarde com poesia

Versos de Cacaracá, de António Manuel Couto Viana, e A cor das vogais, de Vergílio Alberto Vieira, foram as obras escolhidas por Carla Neto para trabalhar na Lagoa com a  turma do 3º e 4ºanos. Após a audição de alguns versos, dividiu-se a turma em grupos, aos quais foram distribuídas frases com rimas. Cada grupo colaborou na construção do livro gigante de poesia com a sua sequência. O entusiasmo foi tanto, que cada aluno surpreendeu a dinamizadora com a leitura de uma poesia escrita por si, sobre temas como a mãe, palavra- puxa palavra ou as serras.

Mimi no mês da Leitura

Para comemorar o mês da leitura, a professora Augusta Faim esteve na EB de Carapelhos, no dia 7 de maio, com a turma do 3. e 4. anos e a respetiva professora, Márcia Fonseca. A história "A bruxa Mimi vai à praia", de Laura Owen e Korky Paul, deu o mote do "Abracadabra", para a atividade artística dos alunos: escolheram uma parte da sua casa, que transformaram no seu local de sonho. Surgiram aeroportos no jardim, quartos com mini-trampolins, um quarto só para quadros, entre outras ideias geniais. Viva a leitura e a criatividade!


terça-feira, 11 de maio de 2021

Mindfulness, com João Palma

 João Palma é praticante de meditação e formador de formadores de Mindfulness no espaço do programa Mindfulness Based Stress Reduction.

Hoje, em direto, as Bibliotecas Escolares acompanharam-no, via zoom, numa prática de 30 minutos, graças à inscrição no Festival READ ON Almada 2021.

O evento foi gravado e pode ser revisto AQUI



“Desenhem (,) seus Monstros!!!”, com Rita Alfaiate

No enquadramento do Festival READ ON Almada 2021, os alunos do 7.ºA e do 8.ºA, acompanhados das professoras de Educação Visual, Célia Belo Silva e Anunciação Gomes, tiveram o gosto de participar, via zoom, na oficina de Banda Desenhada “Desenhem (,) seus Monstros!!!”, dinamizada por Rita Alfaiate.

Assim, durante 45 minutos, as turmas conheceram a ilustradora e foram convidados por ela a imaginarem uma criatura que podia não ser parecida com eles, mas os habitava por dentro.

Os artistas não se fizeram rogados e corresponderam ao pedido, elaborando trabalhos muito interessantes!



“Alcácer-Quibir não foi o fim, foi o início”, com Ricardo Correia

Corria em Portugal no ano de 1578 quando D. Sebastião partiu para Alcácer-Quibir. Diz-nos a História que o Rei desapareceu em combate no dia 4 de agosto. Mas o que teria acontecido se D. Sebastião tivesse regressado?

Com este mote, Ricardo Correia fez uma viagem no tempo, levando o 5.ºD a embarcar numa recriação histórica, juntamente com as professoras Albertina Janeiro e Teresa Miranda.

Esta interação via zoom, possível graças à inscrição das BE no Festival READ ON Almada 2021, foi gravada e pode ser acedida AQUI





quarta-feira, 5 de maio de 2021

Dia Mundial da Língua Portuguesa, com Pedro Seromenho

 Na data consagrada pela UNESCO à Língua Portuguesa (5 de maio), os alunos de 3.º e 4.ºano do nosso Agrupamento receberam a visita virtual do escritor/ilustrador Pedro Seromenho.

Para aquecer o debate, esteve em foco a obra “Inês, a inventora de profissões”, que os alunos já tinham lido, graças à sua oferta no âmbito do programa “Realiza-te”, da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM RC).

Foi assim possível ao autor, numa fantástica sessão de quase 90 minutos, manter uma interação plena com as turmas, que lhe puseram inúmeras questões sobre os seus livros e sobre a sua forma de escrever e de ilustrar.

Como corolário, Pedro Seromenho ainda desenhou ao vivo e enviou o formato digital da ilustração a todos os meninos, via Pelouro da Educação da Câmara Municipal de Mira!

Para terminar, consideramos que a sessão a que assistimos foi um ponto alto da celebração do Dia Mundial da Língua Portuguesa entre nós, pelo que muito agradecemos às entidades nomeadas e aos docentes do 1.ºCEB do AEMira envolvidos.





terça-feira, 4 de maio de 2021

Na Primavera tudo cresce, histórias e meninos!

Enquanto o meu cabelo crescia”, de Isabel Minhós Martins, foi a escolha À La Carte do professor Luís Lourenço para animar a leitura com a sua turma de 1.ºano da EB de Praia de Mira.

História contada, com muito riso à mistura, particularmente na parte em que a cabeleireira Mila (Maria do Rosário Figueiredo) fez penteados a uma das meninas, os alunos foram desafiados a criarem cabelos vegetais, pondo sementes de relva no cocuruto de um boneco, feito de meias de nylon velhas e serradura.

Agora é só esperar que, com água e mimo, a Primavera faça o seu trabalho e apareçam maravilhosos “cabelos verdes”!




O que apetece é… correr e saltar!

Depois de tanto tempo confinados, o que apetece é correr e saltar!

Por pensar desta forma, a professora Cristina Ferreira selecionou do menu À La Carte «Ginástica Animalástica», de Isabel Minhós Martins, para a animação de leitura com a sua turma de 2.ºano da EB de Praia de Mira.

Assim, no recreio da escola, Maria do Rosário Figueiredo, munida de vozeirão e alguns adereços, deu corpo à história, sempre com a ajuda dos alunos, que diligentemente seguiram as instruções da girafa, do urso, da tartaruga, do leão, da zebra e do elefante!

Depois, para o conto não ter fim, foi dada a sugestão de os meninos imaginarem outros animais/instrutores de ginástica e mostrarem aos colegas os seus exercícios!

No final, para levarem consigo, foram-lhes distribuídos livrinhos, contendo a síntese das aulas dadas pelos animais da história e uma página em branco, para o registo da sessão que tinham inventado!



segunda-feira, 3 de maio de 2021

Concurso de Ilustração SERES AQUÁTICOS | Voto Público

Encontra-se a decorrer, até às 13 horas do dia 22 de maio, a votação dos 200 desenhos selecionados pelo Júri do 3.ºConcurso de Ilustração, “SERES AQUÁTICOS”.

Para visualizar as ilustrações e colocar os seus votos, deve aceder ao PADLET AQUI e clicar nos corações que estão por baixo das imagens.

Vote em todas as que gostar!

A ilustração com mais ganhará Prémio do Voto Público!

Criado com o Padlet

sábado, 1 de maio de 2021

Brinquedo e Brincadeiras da Cultura Popular | Ação Formativa

No dia 12 de maio, das 15h às 18h, presencialmente, na Biblioteca da ES/3 Dr.ª Maria Cândida, terá lugar a Ação de Formação de Curta Duração “Brinquedo e Brincadeiras da Cultura Popular”, orientada por Alexander Lima.

A ação, destinada a professores, animadores de Bibliotecas Escolares e assistentes operacionais, terá um número limitado de presenças (20), podendo os interessados formalizar a sua inscrição AQUI, no CFAE Beira-mar.



Breves notas sobre a formação:

A prática de um repertório de danças, cantos, ritmos, brinquedos e brincadeiras provenientes da Cultura Popular tem como função instruir, socializar, desinibir, propagar a cultura, perpetuar raízes e estimular a capacidade criativa e motora.

Uma simples brincadeira, por exemplo, permite o contacto com os hábitos e costumes de um povo, ao mesmo tempo que promove a importância do trabalho em grupo e o fortalecimento de laços.