domingo, 24 de junho de 2018

Ver e compreender os insetos, em aprendizagem divertida

Decorreu, ontem, no Museu Etnográfico de Praia de Mira, a formação “Insetos em Ordem”, orientada pelas biólogas Eva Monteiro e Renata Santos, do TAGIS – Centro de Conservação das Borboletas de Portugal.
Os trabalhos começaram de manhã com uma pequena preleção sobre os insetos. Seguidamente, os formandos, compostos por treze professores, dois fotógrafos de natureza e cinco jovens, foram convidados a munirem-se de redes e frascos e a procurarem a matéria-prima essencial à ação – os insetos, na Estação da Biodiversidade da Barrinha de Mira.
Já de tarde, os formandos formaram grupos de trabalho e analisaram os insetos recolhidos, com o auxílio de tabelas dicotómicas, identificando as suas espécies, antes de os devolver ao meio ambiente, em liberdade. Uma das meninas presentes, a Gabriela Gomes, ficou com a tarefa de fazer os registos das observações na plataforma www.biodiversity4all.org
A terminar, jogou-se o jogo de tabuleiro “Insetos em Ordem” e percorreu-se a exposição interativa existente no rés-do-chão do museu.
Resta-nos, agora, fazer o balanço. A ação, organizada pela Rede de Bibliotecas de Mira, foi sem dúvida uma experiência singular. Num ambiente leve e descontraído, conseguiu o pleno de ensinar e de nos levar a observar o que nos rodeia!
Em nome da organização, fica um agradecimento muito especial ao Museu Etnográfico de Praia de Mira pelo acolhimento e às formadoras, Eva e Renata, por partilharem connosco tanto do seu saber.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...